quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Moema Parente Augel faz análise - "A fala identitária: teatro afro brasileiro hoje"

Problemas relativos à ascensão social e econômica são apresentados de forma invulgar em Madrugada me proteja!, um monólogo para um homem negro. Em plena madrugada, numa cidade grande, um negro bem vestido, visivelmente em boa situação financeira, tenta em vão tomar um táxi. Os poucos que passam àquela hora avançada não param, podendo isso significar uma discriminação, experiência frequentemente vivida por negros na vida real. Sozinho na rua deserta, e assaltado por um ladrão que não é mostrado em cena, mas que o desenrolar do monólogo revela ser branco. Fato corriqueiro nas grandes cidades brasileiras, o assalto, com a diferença de que autor quis inverter os papéis: é o negro a vítima dessa vez. 


No final, despojado de tudo, inclusive de toda a sua roupa, aparece a polícia, vê um homem preto nu e sem documentos e o leva preso.
A personagem, no começo da ação, é "um crioulo na maior estica", "terno em cima, cabelo cortado, barba feita, desodorante do mais caro, grana no bolso" (p. 95). No final, sem roupa, sem dinheiro e sem seus papéis, esta inteiramente exposto aos preconceitos e aos juízos pró-concebidos do policial que o prende sumariamente. Se quando estava esperando pelo taxi no meio da noite, coberto com os atributos do mundo dos detentores das regras sociais, bem vestido e respeitável, fora discriminado, o que não pode acontecer a esse individuo nu, reduzido à imagem que a sociedade faz dele? Nem mesmo a sua ostensiva ascensão social o livrou de continuar a ser "apenas" um negro. Nessa breve peça, Cuti inverte o clichê conhecido, ao mesmo tempo em que ressalta a reafirmação de situações discriminatórias.
Do ponto de vista teatral e cênico, é também uma peça muito bem sucedida: no palco aparece somente a vítima do assalto, contracenando com o assaltante que apenas é pressentido, exigindo do ator uma grande capacidade de interpretação.
Confira a análise completa no endereço: http://www.letras.ufmg.br/literafro/

2 comentários:

desentupidora disse...

Its meu prazer de ler este tema maravilhoso. Você explicou bem e eu vos saúdam. Olhando para a frente o que é graças que vem!

Serviços preventivos de entupimento | Preventing clogged drains

Alexandre Cruz - www.doutoroctopus.com.br disse...

muito bom, gostei do post

http://www.esgolimp.com.br

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management